Sesc Morada dos Baís recebe espetáculos de rua da “Temporada do Chapéu”

704

Nos dias 17 e 18 de março, o Sesc Morada dos Baís recebe a 7ª edição da “Temporada do Chapéu”, com cinco espetáculos de Teatro de Rua. As apresentações são gratuitas e começam ás 15h.

A essência do evento, que está em sua 7ª edição, é possibilitar que o teatro de rua ocupe espaços públicos da cidade. Idealizado e produzido pelo Teatro Imaginário Maracangalha, esta edição conta com o apoio do Fundo de Investimentos Culturais de MS (FIC 2015) e com o apoio cultural do SESC Mato Grosso do Sul, Central de Economia Solidária e Rede Brasileira de Rua.

Programação

Na sexta, dia 17 às 15h30, será apresentada a peça “Rosa dos Ventos”, da companhia de Presidente Prudente, Super Tosco. Uma farra circense para rir, o espetáculo conta com incríveis acrobacias, habilidades, número de equilíbrio, músicas cantadas e tocadas ao vivo. A trama é real, feita por palhaços que com suas histórias e números de divertimento não vão achar outra forma de heroísmo que não a tosca.

Logo depois, às 17h, o grupo teatro de fortaleza De Caretas apresenta a peça “Final de Tarde”, que se baseia numa experiência diferente de teatro de rua, tanto na relação entre ator e público como na relação com a cidade. O espetáculo propõe uma experiência de atuação cênica baseada no detalhe da interpretação, onde proximidade e intimidade entre transeuntes e atores são os elementos centrais. Um aspecto importante é que os transeuntes não são previamente informados da peça. Não há palco nem formalidades de início e fim. A história de uma mãe, seu filho e seu marido que invade o dia a dia da cidade no instante cotidiano.

No sábado, dia 18 a partir das 15 horas, o espetáculo “Amizade é uma Coisa, Farinha é Outra”, com o grupo douradense Moenda Coletivo de Teatro, conta a história de Seo Florindo, um homem humilde. Seu maior orgulho é o seu jardim, onde colhe flores de todas as estações. Seus vizinhos sabem quem em suas terras tudo cresce e, por conta de seu caráter generoso, divide tudo o que planta, principalmente com seu maior amigo, seu Osvaldo, grande proprietário de terras da região. Por ser doutor sábio, grande conhecedor de filosofias e teorias humanas, vai ensinar para o humilde Florindo o que é ser amigo de verdade, afinal, amizade é uma coisa, farinha é outra.

Às 16 horas o grupo gaúcho, Oigalê apresenta o “Circo de Horrores e Maravilhas”. Farsa baseada nos tradicionais Circo dos Horrores do início do século passado, que exibiam pessoas diferentes como objeto de diversão. O espetáculo reflete sobre a exclusão de uma forma divertida e poética. O espetáculo conta com recurso de acessibilidade de Libras, a Língua Brasileira dos Sinais (executada pelas próprias atrizes), facilitando a comunicação com a comunidade de deficientes auditivos.

A sequência, às 17h, é a vez da peça “Era Uma Vez Um Rei”, encenada pelo grupo paulista Pombas Urbanas. A peça traz à cena a vida de três mendigos, catadores de papelão, ferro e garrafas que se revezam para empurrar o seu carrinho. Aos poucos o trabalho se transforma em uma brincadeira na qual, a cada semana, cada um deles será rei, depois presidente e em seguida ditador. Um teatro popular, profundamente humano e político, que propõe uma dinâmica que se abre à participação do público.

O Temporada do Chapéu acontece entre os dias 16 a 19 de março em espaços públicos abertos com classificação livre e dirigido a todos segmentos sociais, possibilitando ao o público campo-grandense ter acesso gratuito a produção teatral de rua do país e do MS.

Serviço – O Sesc Morada dos Baís está localizado na Avenida Noroeste, 5140. Informações pelo telefone (67) 3311-4300. Acompanhe a programação no site www.sescms.com.br