Longa de MS “A Dama do Rasqueado” é uma das vencedoras da Mostra Nacional do Sesc

1642

O longa “A Dama do Rasqueado”, dirigido pela cineasta Marinete Pinheiro e que conta a história da cantora Delinha foi um dos 34 selecionados para a Mostra Sesc de Cinema e vai rodar durante dois anos com exibições em todo o país.

A revelação dos vencedores foi ontem (13 de julho) no Cine Odeon no Rio de Janeiro, durante o lançamento Nacional da Mostra Sesc de Cinema, que reuniu cineastas e profissionais da área de Cultura e cinema. O Sesc MS teve a representação de duas técnicas que compõem o corpo curatorial, Francielle Gadotti e Thais Pompeo.

“Fiquei muito feliz com a notícia, porque será a possibilidade das pessoas conheceram a história da Delinha. Falei com ela há pouco e ela agradeceu pelo trabalho e eu a ela pela história. Foram três anos de execução e fico muito feliz pelo reconhecimento porque a Delinha merece ser vista”, comemora Marinete.

O documentário conta a história da artista e sua trajetória na dupla Délio e Delinha, que atingiu a maior discografia na história do Estado, com 32 títulos. “A Delinha não é só cantora, ela conhece todos os processos musicais e muitos dos sucessos da dupla foram composições dela. Também traz a provocação a respeito da participação da mulher neste cenário. Um personagem feminino que superou muitas dificuldades”, observa a diretora do longa.

Ao todo foram inscritos 1.250 filmes de cineastas de todo país, desses 957 (107 longas e 850 curtas metragens) tiveram a inscrição validada para concorrer nas seleções estaduais.

Seleção – A escolha dos trabalhos foi dividida em duas fases. A primeira organizou a mostra e premiou os filmes de cada Estado indicado para seguir no concurso, com um contrato de licenciamento para exibição pública nas unidades do Sesc no seu estado de origem.

Na segunda etapa, os classificados foram avaliados regionalmente, com seleção de até dois longas e 4 curtas de cada região. Acrescidos de quatro produções infanto-juvenis pelo critério de prioridade, resultando em 34 filmes premiados, que compõem a Mostra Sesc de Cinema.

O prêmio da Mostra é o pagamento de licença de direitos autorais no valor de R $25.000,00 (vinte e cinco mil reais) válido por dois anos. De 1 de agosto a 1 de outubro o Sesc Nacional lança o segundo edital da Mostra Sesc de Cinema.

A proposta da Mostra Sesc de Cinema é criar uma janela para a produção cinematográfica brasileira que não chega ao circuito comercial de exibição e, desta forma, contribuir para o campo audiovisual. “A mostra aglutina espaço de lançamento, difusão e promoção de artistas de todo o país. Ao mesmo tempo, estabelece um diálogo com a população, mostrando as atuais produções e estimulando reflexão e novos olhares”, diz a diretora-regional do Sesc, Regina Ferro.

Serviço – Saiba mais sobre a Mostra Sesc de Cinema no site http://www.sesc.com.br/mostradecinema/